Pular para o conteúdo principal

A MAGIA DAS PALAVRAS

-->
As palavras são mágicas, são parte da comunicação e esta é necessária para a vida humana. As palavras podem ser belas, podem transmitir-nos tranqüilidade, emoção. Podem dar-nos consolo, também perturbação e até dor. As palavras me encantam como me encanta o infinito. Como é bom ouvi-las, lê-las ou escrevê-las. Elas me fascinam. Elas são tesouros por seu valor imensurável. 

Se tenho em minhas mãos uma caneta, uma folha de papel e uma idéia na cabeça, posso ultrapassar qualquer barreira existente, seja de tempo, seja de espaço. Posso inventar mundos, dar vida a seres inanimados. Posso viajar para qualquer parte do universo, voar, tornar possível o que parece impossível e inacreditável. Porque as palavras são portas abertas para uma nova realidade, um novo tempo, um novo existir.

O homem morre, mas suas palavras ficam e andam pelo mundo, acalentam os corações, fazem sonhar, ensinam. As palavras são mágicas, alegram e entusiasmam a alma de seu ouvinte e de seu interlocutor. 

Muitas vezes, nos esquecemos da importância das palavras e as proferimos em vão, sem nenhuma sinceridade. Estas se vão com o vento. Outras vezes, guardamo-nas dentro de nós por medo de ferir a quem amamos. E, quando isto acontece, nos sentimos sufocados, sobrecarregados porque as palavras querem ser livres como os passarinhos e querem libertar-nos de nossos pesares. As palavras querem bilhar dentro de nós, fazer-nos transcender.

    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O mundo é uma janela

O mundo é uma janela...
cada um vê a vida
por meio dela.
Tem gente que
a mantêm fechada,
tem gente que
a deixa sempre aberta...
Simplesmente porque
não quer perder
nenhum segundo
das vezes em que ela é
incrivelmente bela.

s.melo

Não me deixe só (apelo à poesia)

Muitas vezes guardo o choro e a dor.
Não desejo revelá-los, pertencem a mim.
Não interessam a mais ninguém.
Só os entrego à poesia.
Somente ela me conhece verdadeiramente.
Como explicaria o que se passa por dentro?
São tantas incertezas, descaminhos, pedregulhos.
Ela me entende e serena minh'alma.
Mas eu não preciso entendê-la, apenas senti-la.
Viver entre seus versos. E ela em mim.
Este é o nosso pacto.
Não me deixe só neste mundo de hipocrisias.
Neste mundo de mentiras e injustiças.
Sabe de minhas fraquezas, de minhas tristezas,
de meus ais.
Sabe que sou parte disso, mas nisso não quero pensar.
Sabe também que tenho no peito um músculo,
que bate involuntariamente e que é frágil e inconstante.
Não o fiz assim. Ele é assim.
Daria a vida para tê-lo mais forte, decidido.
E que não sentisse tanto. Impossível.
Quem sabe noutra existência?
Há tantas estrelas por aí, mas por ora tenho de ficar aqui.
Oh, Deus, por que pessoas pisam nos corações umas das outras?
Não pisam apenas. Sapatei…

Ouvir estrelas II

"Amai para entendê-las."

Uma estrela disse-me um dia,
Quando estava triste,
Que a vida é uma dádiva,
um tesouro, um presente.

Que o amor
É o bem amor que existe no mundo
E que para realizar o sonho verdadeiro,
Primeiro, tem que desejar lá do fundo.

Disse-me também que a felicidade
Está dentro de cada coração,
Esperando ser descoberta,
Para mostrar-nos que nada é em vão.

Uma estrela salvou-me
De mim mesmo,
Iluminou o meu caminho
E me fez outra vez ser menino.

***

Ouvir estrelas

http://limelo.blogspot.com.br/2014/01/ouvir-estrelas.html