Tempo

O amanhã me é incerto
e o ontem já não me pertente.
O agora é tudo o que tenho.
É a mnha dádiva,
o meu presente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maria e José

É preciso insistir - sempre

Adeus, João de Deus