Verbalizando os sentimentos




Amo a vida, com sua simplicidade e sua complexidade Gosto da liberdade e de sonhar. 
Gosto do entardecer, quando os raios de sol vão se apagando lentamente, deixando o céu de várias cores numa bela aquarela crepuscular. 
Encantam-me as estrelas que nascem com o anoitecer, e cintilam no infinito, para que a escuridão não me abraçe. 
Ainda me alegram as mesmas coisas que me alegravam em outros tempos - (infância)-, mas agora com uma sabor especial. 
Gosto da natureza e de seus incríveis poderes em nossas vidas. 
Encantam-me a poesia e a música, elas me proporcionam imensa felicidade. 
Gosto de ver as pessoas sorrindo, mas não é sempre que tenho o prazer de retribuir um sorriso com sincera alegria, nem elas a mim. 
Entristece-me a violência, a guerra, a mentira e a falsidade. Não me agrada, as pessoas preguiçosas, as hipócritas então... Encantam-me, também, as estações do ano; cada uma delas tem sua beleza. 
Amo minha família, meus amigos, meus amores e todos que fazem parte da minha vida e que de alguma forma me faz ser melhor a cada dia. 
Encanta-me viver e, ainda que algumas vezes o desencanto roube o brilho dos meus olhos, ainda assim seguirei buscando em cada amanhecer, razões para ser feliz. 





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maria e José

É preciso insistir - sempre

Adeus, João de Deus