Amor

Amor é a janela aberta
numa manhã ou numa
tarde azul de outono.
É brisa
É chegada imprevista,
na hora certa.
É espera.
É o pulsar descompassado
que se acalma no
aconchego de um abraço...
É laço.

s.melo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maria e José

É preciso insistir - sempre

Adeus, João de Deus