Ouvir estrelas

Sob o pisca-pisca das estrelas ela caminha,
Enquanto caminha, recorda, se entristece, chora.
Olha uma estrela, questiona:
- Por que me olha?
A estrela responde: - Porque é linda menina.
Ela se surpreende.
"Estrelas não falam", pensa ela
"Como posso tê-la ouvido?"
Pronto. Já esqueceu o que lhe afligia a alma.
Agora mais calma ela para,
Olha novamente a estrela, outra vez a pergunta,
Em seguida a resposta.
Ela sorri, apesar de confusa sente-se feliz.
Está falando com uma estrela, não é normal,
É estranho, mas se sente especial, afinal
Sempre admirou estrelas,
Agora conversa com uma delas.
- Será um sonho? Ela se belisca.
- Não, é real, insiste a estrela: - Acredite menina,
Nesta vida o impossível não existe.
Seremos amigas e confidentes,
Hoje, amanhã, eternamente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maria e José

É preciso insistir - sempre

Adeus, João de Deus