Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Consumo: Vontade própria ou influência midiática

Todos os dias somos bombardeados através do mais variados meios de comunicação, com comerciais que nos levam a crer que os produtos oferecidos são indispensáveis para nossa vida. São celulares, sapatos, roupas de todas as marcas e modelos, tintas de cabelo entre outros; eles procuram vender a ideia de que seremos mais felizes usando tais produtos. 

A persuasão midiática é infalível, não demora muito e lá estamos sucumbidos pelo desejo de consumo. São tantas imagens belas, tantos sorrisos, tanta alegria, que é quase impossível não se render. 

Contudo, não podemos chamar isso de alienação, já que na maioria das vezes, se não todas somos praticamente empurrados para o consumismo. Por exemplo, uma calça que foi moda na última estação, se for usada por uma pessoas um ano depois, esta não se sentirá à vontade, estará completamente fora de contexto, sentirá até rejeição por parte dos próprios colegas que convive. 

As indústrias obriga-nos a consumir o que eles produzem, querendo ou não. É como …
... Porque viver é isso: é paixão. É fogo. É dor e riso. Sonho e ilusão. Cada momento é único. Eterno dentro de cada coração.