Pular para o conteúdo principal

Buena vista social club

Um belo documentário sobre os grandes nomes da música cubana. O Buena Vista Social Club, era um clube de atividades musicais, onde estes artístas de encontravam para tocar e cantar na década de 40.

Pelas ruas de Havana, entre pessoas ou em suas casas, com seus instrumentos e sem a juventude de outrora, eles contaram suas histórias de vida e como se iniciaram na música. A maioria começou ainda criança.

Ry cooder grande musico e produtor americano juntou-se a Ibrahim ferrer, compay segundo, Omara portuondo, a única mulher do grupo, entre outros artistas, já quase esquecidos naquele País, e juntos gravaram um CD, com suas belíssimas musicas e ainda se apresentaram em Amsterdan e Nova York.

Em 1998, alguns destes tradicionais artistas já haviam deixado de praticar suas artes, como próprio cantor Ibrahim ferrer e o pianista Rubén González. Eles se diziam desiludidos, talvez por acreditarem que nada mais de interessante lhes pudesse acontecer em ralação a música e a tudo que viveram, mas eles estavam enganados o projeto "Buena Vista Social Club", proporcionou muita alegria e emoção para suas almas e para todos que puderam vê-los e ouví-los. Eu recomendo!

Li Melo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O mundo é uma janela

O mundo é uma janela...
cada um vê a vida
por meio dela.
Tem gente que
a mantêm fechada,
tem gente que
a deixa sempre aberta...
Simplesmente porque
não quer perder
nenhum segundo
das vezes em que ela é
incrivelmente bela.

s.melo

Não me deixe só (apelo à poesia)

Muitas vezes guardo o choro e a dor.
Não desejo revelá-los, pertencem a mim.
Não interessam a mais ninguém.
Só os entrego à poesia.
Somente ela me conhece verdadeiramente.
Como explicaria o que se passa por dentro?
São tantas incertezas, descaminhos, pedregulhos.
Ela me entende e serena minh'alma.
Mas eu não preciso entendê-la, apenas senti-la.
Viver entre seus versos. E ela em mim.
Este é o nosso pacto.
Não me deixe só neste mundo de hipocrisias.
Neste mundo de mentiras e injustiças.
Sabe de minhas fraquezas, de minhas tristezas,
de meus ais.
Sabe que sou parte disso, mas nisso não quero pensar.
Sabe também que tenho no peito um músculo,
que bate involuntariamente e que é frágil e inconstante.
Não o fiz assim. Ele é assim.
Daria a vida para tê-lo mais forte, decidido.
E que não sentisse tanto. Impossível.
Quem sabe noutra existência?
Há tantas estrelas por aí, mas por ora tenho de ficar aqui.
Oh, Deus, por que pessoas pisam nos corações umas das outras?
Não pisam apenas. Sapatei…

Ouvir estrelas II

"Amai para entendê-las."

Uma estrela disse-me um dia,
Quando estava triste,
Que a vida é uma dádiva,
um tesouro, um presente.

Que o amor
É o bem amor que existe no mundo
E que para realizar o sonho verdadeiro,
Primeiro, tem que desejar lá do fundo.

Disse-me também que a felicidade
Está dentro de cada coração,
Esperando ser descoberta,
Para mostrar-nos que nada é em vão.

Uma estrela salvou-me
De mim mesmo,
Iluminou o meu caminho
E me fez outra vez ser menino.

***

Ouvir estrelas

http://limelo.blogspot.com.br/2014/01/ouvir-estrelas.html